Mãe com muito orgulho

Em um dos episódios de Super Nanny, uma mãe, que não tinha nenhum controle sobre seus filhos falou, abertamente na TV: “Eu tenho vergonha de chamar alguém na minha casa, pois não sei o que meus filhos podem fazer”.

Imagino que essa seja a sensação da maioria das mães que perderam o controle sobre os seus filhos, mães que não conseguem mais impor limites ou que não conseguem mais mostrar para seus filhos o rumo que eles devem seguir.

Mas chegou a hora de mudar isso, ou, se não é o seu caso, chegou a hora de não permitir que isso aconteça. Para isso, vamos fazer algumas perguntas e buscar na Bíblia suas respostas.

Continue lendo Mãe com muito orgulho

Nem olhos viram nem ouvidos ouviram

A algum tempo, quando cheguei ao trabalho fui surpreendido por um som desconhecido por mim, habitante da cidade. Um barulho, pra mim, parecido com o coaxar (aquele barulho emitido por sapos). Cheguei a estranhar, um sapo, aqui? Nem mata tem aqui perto.

Nem olhos viram photo
Photo by UnB Agência

Mas a visão que tive foi muito melhor, apesar de simples. Quando tentei localizar de onde vinha o barulho, avistei um tucano, com seu enorme bico, quase brilhando em meio os prédios e pouquíssimas árvores do local em que trabalho.

Continue lendo Nem olhos viram nem ouvidos ouviram

Perdendo a fé

Estou perdendo a fé. Estou fraco na fé. Estou sem fé. Muitas pessoas nos procuram com essa frase em meio as suas palavras. Pessoas que tem passado por tamanho sofrimento, tamanha dor, que já se cansaram de pedir uma resposta pra um Deus que nunca as responde, um Deus alheio as seus problemas, que te despreza e te coloca de lado, pessoas que olham e veem o quanto o vizinho não Cristão prospera, enquanto ela que crê em Deus não, ao contrário, ela, serva de Deus só tem dor e sofrimento.

Como não perder a fé? Como manter-se firme nos propósitos de Deus, tendo todos esse motivos e vários outros para perder a fé?

Continue lendo Perdendo a fé

Pra onde correr? Ou: Quando estamos sem rumo

Sem rumo

É comum nos jornais notícias frequentes de carros, aviões, trens desgovernados, sem rumo, que sem direção acabam por causar grandes tragédias. Temos visto também pessoas desgovernadas, sem rumo, sem direção, sem um alvo, sem ninguém para guiá-las ou sendo guiadas por cegos que não enxergam um passo a frente.

Pessoas que matam suas famílias e depois se matam, por ciúmes ou depressão. Pessoas que com seus vícios matam suas famílias, de forma metafórica, e se matam vagarosamente. Atiradores em cinemas, atiradores em escolas, atiradores em churrascaria, destroem suas vidas e de outros por causa de uma momento de ira, por causa de um mal dia, por causa de uma má vida. Pessoas sem rumo, e sem direção. Esses são muitas vezes o lado extremo da história.

Mas muitas vezes nos deparamos com outros tipos de falta de direção, um relacionamento mal resolvido, um ente perdido, um casamento acabado, uma grande dívida. Uma vida sem rumo gera todo tipo de problema e indagações: Nos perguntamos pra onde ir? Qual o sentido da nossa vida? O que pode nos guiar? Quem pode nos guiar? Para quem iremos?

Continue lendo Pra onde correr? Ou: Quando estamos sem rumo

Deus não me ouve

Quantas vezes por mês, ou talvez, por semana dizemos isso: DEUS NÃO ME OUVE? Pra ser sincero acho que posso mudar um pouco a pergunta: Quantas vezes POR DIA falamos: Por que Deus não me ouve? Várias? Deixa então eu fazer uma pergunta mais complicada ainda: porque você acha que Deus não te ouve?

Pense um pouco antes de recomeçar a ler. Já pensou? Como você e rápid@…

Continue lendo Deus não me ouve

Geração Elias is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache